quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Os Guardiões na Mitologia Campariana

Os guardiões (gardistoj, em esperanto) são seres superiores que habitam o mundo onde Campara está situada. Segundo conta o Livro das Estrelas, Balaro os criou antes de todos os seres vivos para servirem de guias e pacificadores entre estes.

Eram seres espirituais, mas que podiam assumir qualquer forma carnal caso precisassem interferir nas ações humanas.

História

Segundo a lenda, os guardiões viveram por milhares de anos aprendendo sobre as leis do universo, para que pudessem transmiti-las aos humanos, a última das criações de Balaro. Porém quando os humanos surgiram na terra, Balaro ordenou a todos os guardiões que sua missão seria servir aos humanos e ajudá-los a se desenvolver e aprender.

Alguns guardiões, levados pelo orgulho, rebelaram-se contra Balaro e, depois de uma batalha nos céus, armada por Bergamota, foram vitoriosos. Os guardiões que se oporam a tirania de Bergamota foram destruídos.

Ao saber da rebelião, Balaro lançou uma maldição a todos os guardiões sobreviventes, confinando-os eternamente às formas monstruosas que assumiram durante a batalha e tirando sua imortalidade. Apenas Bergamota escapou à maldição, pois apesar de haver tramado a batalha, não participou dela.

Gardistoísmo

Apesar de não haver mais guardiões no mundo, alguns dos guardiões antigos são venerados no reino de Campara, pois acredita-se que seus espíritos não foram completamente destruídos, e que um dia eles voltarão para se vingar de Bergamota. Os homens que veneram os antigos guardiões são chamados de gardistoítas. Alguns dos guardiões mais conhecidos entre os camparianos estão:
  • Beramas - representada como uma mulher com asas de pássaro, ensinou aos primeiros humanos do oeste o cultivo de sementes;
  • Bekuraĝon - venerado pelos caçadores pois diz-se que introduziu aos homens o uso de arcos e armadilhas para capturar animais;
  • Arinote - Representado como um leão-vermelho, alguns acreditam que foi o guardião que registrou aos humanos parte da história contida no do Livro das Estrelas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário